Pitimbu Clik

Idealizador Do Blog
Victor Mateus

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Organização confirma recorde de público nos três dias da Festa da Lagosta em Acaú, Pitimbu

A coordenação da Festa de Nossa Senhora de Fátima, Padroeira de Acaú, conhecida popularmente como a Festa da Lagosta, realizada neste fim de semana, confirmou que o evento bateu recorde de público nos três dias de festa.
Na sexta-feira (03) as Bandas Sedutora, A Favorita e Arrecifes abriram oficialmente o evento.
No Sábado (04) foi a vez das bandas Chicabana, Anjo Azul e Loira Pressão se apresentarem e levaram a multidão ao delírio com diversos sucessos.
No domingo (05) a programação começou mais cedo e contou com a inauguração da obra que reconstruiu a ponte que liga o distrito de Acaú a comunidade da Pontinha, realizando assim um sonho antigo da população. A obra foi concluída com recursos próprios da Prefeitura Municipal.
Em seguida, o prefeito Leonardo Barbalho, a primeira-dama Guiga Azevedo, vereadores e secretários se dirigiram ao local onde foi encerrada a Festa com as apresentações de Júnior Manchão, Júnior Canibal e Musa.
O evento foi marcado pela organização, segurança, excelente estrutura, além dos diversos pratos feitos tendo como base a lagosta e comercializados durante as festividades. Dois palcos o principal e o 360º não deixaram a música parar nem um minuto e foi o grande diferencial do evento.
O prefeito de Alhandra, Renato Mendes e representantes do deputado Branco Mendes estiveram prestigiando o evento no sábado (04).
Também presente esteve o vice-prefeito de Caaporã, Saulo Veloso, acompanhado do seu irmão Saló e demais familiares e amigos.
“Graças a Deus finalizamos esse evento com muito sucesso, recorde de público, sem registros de ocorrências policiais. Ou seja, o povo de Acaú e de Pitimbu valoriza nossa cultura e demonstra que sabe recepcionar muito bem os visitantes e turistas que frequentam nossa cidade. O povo está de parabéns e eu só posso comemorar a oportunidade de realizar esse grande evento”, destacou Leonardo Barbalho.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

PREFEITURA DE PITIMBU EMITE NOTA SOBRE FESTA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA EM ACAÚ


A Prefeitura Municipal de Pitimbu, através do seu corpo gestor, emitiu nota oficial sobre a realização da Festa de Nossa Senhora de Fátima em Acaú, nestes dias 03, 04 e 05 de novembro.

Em comunicado, a prefeitura informa que a realização da festa só é possível devido a negociações com empresários para quitação dos custos apenas em Janeiro do próximo ano, período em que haverá melhora na arrecadação municipal. A prefeitura também assumiu compromisso de que, nesse período, certamente estará com todos os compromissos em dia, seja prestadores de serviços ou fornecedores.

Em respeito a tradição da festa e, com o intuito de não prejudicar comerciantes que já se prepararam para o aumento do fluxo de pessoas nesse período, a prefeitura decidiu pela relazição do evento, diante das condições de pagamento expostas acima.

Segue a nota:

"A Prefeitura Municipal de Pitimbu vem através desta nota oficial esclarecer a toda população, alguns fatos sobre a tradicional Festa de Nossa Senhora de Fátima, que será realizada no distrito de Acaú nos dias 03, 04 e 05 de novembro de 2017. Como é de conhecimento de todos, o país passa por um período de instabilidade política e financeira, e isso afeta fortemente os municípios, principalmente os mais pobres. Ocorre que, a tradicional Festa de Nossa Senhora de Fátima é um dos principais eventos da região, que atrai um grande número de turistas e movimenta a economia local, trazendo um incremento de renda para diversos comerciantes. 

A realização da Festa só está sendo possível em razão de financiamento de alguns empresários, que aceitaram as condições impostas pela Prefeitura, em virtude das dificuldades financeiras. Essas condições incluem um prazo para pagamento dos custos da festa apenas em janeiro de 2018, onde há perspectiva de melhoras das receitas municipais. Certamente, em janeiro de 2018, estaremos com todos os pagamentos em dia, incluindo prestadores de serviços e fornecedores. A Prefeitura Municipal valoriza e incentiva as festas populares como expressão cultural e de oportunidades para todos, incluindo servidores, comerciantes, turistas e a população local. Ademais, desejamos que todos possam aproveitar este momento festivo."

Prefeitura de Pitimbu
Gestão Trabalho é Desenvolvimento

Leonardo Barbalho
Prefeito Municipal

Wuilians Jonys
Secretário de Administração

Francisco Pinheiro
Secretário de Turismo

Thiago Albertim
Assessor de Comunicação

terça-feira, 17 de outubro de 2017

SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO DE PITIMBU LANÇA NOTA SOBRE CONCURSO PÚBLICO.


O Secretário Municipal de Administração de Pitimbu, Wuilians Jonys, lançou nota na manhã desta terça-feira, 17, sobre a realização do concurso público para preenchimento de vagas na Prefeitura Municipal de Pitimbu/PB.

Segundo o Secretário, o Projeto de Lei n° 017/2017, que dispõe sobre a criação de cargos e vagas do certame, está em tramitação na Câmara Municipal de Pitimbu. Obedecido as normas e prazos legais, bem como a licitação pública para escolha da empresa, a Prefeitura Municipal lançará imediatamente o edital.

Confira a nota na íntegra:

Pitimbu, 17 de outubro de 2017   

A Secretaria de Administração vem através desta nota informar que, a data do certame público para preenchimento de vagas do seu quadro funcional dependerá dos trâmites legais que envolvem o poder legislativo e o próprio poder executivo. O prefeito encaminhou à Câmara Municipal de Pitimbu o Projeto de Lei n° 017/2017 para criação dos cargos e vagas, onde o mesmo representa o limite legal das funções e suas respectivas quantidades que poderão ser ofertadas no concurso público. O referido projeto de lei está passando por discussões em comissões da casa legislativa para, então, entrar em votação no plenário. Caso aprovado, o projeto de lei segue para sanção do executivo. Findo essas etapas, a Prefeitura Municipal estará apta a promover licitação pública para escolha da empresa que fará o concurso. Obedecido os trâmites legais, imediatamente será lançado o edital. Ressaltamos que tudo isso exige o cumprimento de normas e prazos previsto em legislações específicas.    


Wuilians Jonys Tavares Gabi 
 Secretário Municipal de Administração

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Prefeito de Pitimbu esclarece polêmica da instalação de imagem de Santa em reinauguração de Ponte



O prefeito de Pitimbu, Leonardo Barbalho, resolveu esclarecer e colocar um ponto final na polêmica fala do vereador Zico (PSDC) que fez uma declaração essa semana a respeito da não instalação da imagem de um santa na reinauguração da Ponte da Pontinha, afirmando que tal ação amaldiçoaria a cidade.
Em um áudio divulgado em redes sociais, o vereador afirma estar alegre pela decisão do prefeito em desistir de colocar a imagem na ponte, acrescentando que ele “olhou pelo aspecto religioso de [a imagem] amaldiçoar a cidade”.
A declaração causou revolta na comunidade católica do município que repudiou a atitude e a fala do vereador. Preocupado com a repercussão negativa, Zico afirmou que usou um termo inadequado e pediu desculpas pela comunidade que se sentiu atingida pela fala.
Em áudio também compartilhado nas redes sociais, o prefeito afirmou que em nenhum momento disse que iria colocar a imagem de Nossa Senhora no local, a gestão estava avaliando o que colocaria na reinauguração da ponte e até foi cogitado a possibilidade de se colocar a imagem do Cristo Redentor, mas na colocação da imagem da Santa, o prefeito e a gestão nunca teria falado.
“Sou católico convicto desde que nasci, toda população de Pitimbu sabe disse, evangélicos votaram em mim, porque acredito que todos somos cristãos e sempre respeitei todas as religiões. Quero esclarecer que em nenhum momento falei com o vereador Zico, com todo respeito que tenho pelo seu mandato que foi outorgado pelo povo, ou com nenhum outro vereador, sobre o assunto de ter desistido de colocar a imagem de uma Santa para não amaldiçoar a cidade. Se eu achasse que uma imagem iria amaldiçoar a cidade, eu não estaria numa igreja católica como estou há 53 anos. Eu acredito que há várias versões equivocadas, respeito todo mundo, respeito todas as religiões e também quero que respeitem a minha, então, não coloquem palavra na minha boca, pois essa possibilidade nunca foi discutida nem com Zico e repito, nem com nenhum outro vereador”, afirmou o prefeito.
Finalizando, Leonardo Barbalho pediu que encerrassem o debate infrutífero, que as pessoas sigam respeitando uns aos outros e as religiões e foquem no debate que realmente beneficiará a cidade, o povo e a valorização do município.
“O Leonardo é cristão, católico. O prefeito é laico, respeita todas as religiões e nunca desrespeitei quem quer que seja. Vamos parar com isso, pois não nos leva a nada, a caminho nenhum. Que Deus continue abençoando a cidade de Pitimbu e a todos que nela habitam”, encerrou o gestor.
Portal do Litoral

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Vereador de Pitimbu diz que imagem de Nossa Senhora é uma “maldição”



                               

O vereador de Pitimbu Zico (PSDC) causou polêmica com os moradores da cidade, após ter um áudio divulgado, onde ele declara que a colocação da imagem de Nossa Senhora Aparecida, na entrada da cidade seria uma “maldição”.
Ele explicou que a comunidade evangélica, na qual faz parte, se manifestou contra a instalação da imagem. A expressão usada, de acordo com ele, foi em relação ao posicionamento da igreja que ele participa.
“A comunidade evangélica na cidade fez um manifesto contra a colocação da imagem. Essa expressão foi usada a respeito do posicionamento da igreja da qual faço parte. Peço perdão aos meus amigos e munícipes católicos que se sentiram ofendidos com minhas palavras. Respeito e sempre respeitei a fé de todas as pessoas”, explicou.
O parlamentar ainda relatou que o áudio reproduz um agradecimento ao prefeito da cidade, por ter atendido o pedido da comunidade evangélica. Zico lamentou o mal entendido e pediu desculpa a quem se sentiu ofendido com suas declarações.
“Trata-se de um agradecimento. Algum termo pode ter realmente ofendido algumas pessoas católicas, quanto a isso já até me desculpei com as pessoas que se sentiram ofendidas”, declarou.
Paraíba já

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Paraíba ganha 3.511 novos postos de trabalho em agosto

Paraíba ganha 3.511 novos postos de trabalho em agostoO estado da Paraíba fechou o mês de agosto com um saldo positivo de 3.511 novos postos de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira (21) pelo Ministério do Trabalho (MTb). O crescimento - o quinto maior do país - foi de 0,90% em relação ao mês anterior.

Ao todo, foram 13.361 admissões e 9.850 desligamentos. Entre os 26 estados e o Distrito Federal, 19 tiveram saldo positivo. Os maiores crescimentos ocorreram em São Paulo, Santa Catarina, Ceará, Pernambuco e Paraíba. O desempenho do estado foi puxado pela abertura de vagas na Agropecuária, que registrou 2.349 novos postos, com crescimento de 21,98%. Outro destaque foi a Indústria de Transformação, que abriu 1.401 novos postos de trabalho (2%). Serviços Industriais de Utilidade Pública e a área Extrativa Mineral também tiveram saldos positivos.

Entre os municípios, o maior saldo foi registrado em Mamanguape, com 1.312 novas vagas, o que representou um crescimento de 33,44%. Depois, vieram Santa Rita, com 746 novos postos (4,41%), Sousa (57 postos), Solânea (28 novas vagas) e Queimadas (22 postos).

O Brasil fechou o mês de agosto com um saldo positivo de 35.457 novos postos de trabalho, com crescimento de 0,09% em relação ao mês anterior. Foram 1.254.951 admissões e 1.219.494 desligamentos.

 G1

Sem disputas a vista, Raposa investe em melhorias no seu estádio

 Sem disputas a vista, Raposa investe em melhorias no seu estádioA Raposa aproveita o período para fazer alguns ajustes no Estádio Renatão, visando a pré-temporada para o Estadual e a Série D do Brasileirão, ambos em 2018. A diretoria está tomando as providências dentro e fora de campo para receber os atletas e iniciar os preparativos para os desafios da próxima temporada. Apesar do racionamento de água que acontece em Campina Grande, o gramado está sendo tratado, na busca de dar melhores condições para a comissão técnica e os jogadores.

O objetivo é dotar uma boa infraestrutura para que a Raposa possa realizar os treinamentos, já a partir de dezembro. De acordo com o supervisor do clube, Dorgival Pereira, a diretoria vem intensificando os trabalhos para deixar o local em ordem para ser utilizado. “Queremos dar condições aos atletas e deixar o Renatão pronto para receber os treinamentos da pré-temporada. Mesmo com o racionamento estamos tratando o gramado para deixar apto para ser utilizado”, frisou.

Com relação a sediar os jogos de pequeno porte no Estadual/ 2018, o dirigente frisou que o Campinense deverá fazer seus jogos no Amigão. Segundo ele, com as reformas que serão feitas pelo Governo do Estado, a principal praça de esportes da Serra da Borborema ficará apta para sediar qualquer disputa. “Graças ao esforço do governador Ricardo Coutinho teremos um gramado padrão Fifa para sediar as partidas dos clubes da Serra da Borborema. Quem ganha é o futebol da Paraíba”, avaliou Dorgival.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Escolinha de futebol Pitimbu Fênix completa 14 anos de história



A escolinha de futebol Pitimbu Fênix F.C. começou seu projeto social no ano de 2003, trabalhando com crianças de 9 a 13 anos, e com adolescentes de 14 a 18 anos.
Começou no futebol de campo, depois foi para o futebol de salão, mais  ganhou destaque no estado da paraíba no beach soccer. 
Pitimbu Fênix é bicampeão paraibano no beach soccer.

Parabéns para todos que fazem parte deste projeto social.

Pitimbu Click


Bebês pitimbuenses: Pronto Atendimento de Pitimbu realiza dois partos no fim de semana




Mais dois pitimbuenses vieram ao mundo neste final de semana, através de partos realizados pela equipe do Pronto Atendimento 24 horas (P.A), na cidade de Pitimbu, Litoral Sul da Paraíba.
Os partos normais de urgência foram realizados com todo apoio dos que fazem o P.A e os bebês nasceram saudáveis e com peso acima do esperado. O primeiro bebê foi um menino que nasceu com mais que 4 quilos, o segundo bebê foi uma menina que nasceu com 3 quilos.
Os componentes das equipes que realizaram os partos são: enfermeiros Joel Neto e Carlos Wanderley, técnicas de enfermagem Milene e Jamila, além do médico Euclides Fernandes.
De acordo com a secretária de Saúde, Geilce Azevedo, o Pronto Atendimento municipal ainda não está equipado para atender uma grande demanda de partos, porém, em caso de emergência uma equipe está sempre em alerta para realizar o procedimento com toda estrutura necessária.
Nos últimos anos, as mulheres da cidade de Pitimbu no litoral sul da Paraíba, que queriam ter seus filhos, tinham que buscar hospitais nas cidades vizinhas ou até mesmo realizar partos normais em suas residências. Porém, o prefeito Leonardo Barbalho mudou a triste realidade ao reestruturar a área de saúde no município, implantando atendimento médico 24h.
Através destas ações, a cidade vem comemorando após 20 anos o nascimento de nove crianças saudáveis e bem atendidas, sem o transtorno da gestante ter que se deslocar para outra cidade.
O Pronto Atendimento de Pitimbu funciona 24 horas e conta com equipe completa com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, recepcionistas, cozinheiras. Toda essa atenção da gestão para com a saúde dos pitimbuenses mostra o compromisso da gestão do prefeito Leonardo. “Os frutos dessa reestruturação na saúde de Pitimbu, onde desmembramos o PSF que atendia dentro do Posto para atender em outra comunidade e com esse plantão de 24 horas estão sendo colhidos com a benção do nascimento destas crianças”, reafirmou o gestor.
Portal do Litoral 

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Cabral é condenado a 45 anos de prisão

Cabral é condenado a 45 anos de prisãoO ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, foi condenado nesta quarta-feira (20) por crimes investigados pela Operação Calicute, um dos desdobramentos da Lava Jato.

Cabral foi condenado a 45 anos e 2 meses de reclusão, além de multa, por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertencimento a organização criminosa.

Segundo denúncia da Operação calicute, o esquema desviava verbas do contratos do governo do RJ com empreiteiras. Além de Cabral, a sentença do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal também condena outras 11 pessoas por participação no esquema. A esposa de Cabral, Adriana Ancelmo, foi sentenciada a 18 anos e 3 meses de prisão.

Na sentença, Cabral é descrito como "idealizador do gigante esquema criminoso institucionalizado no âmbito do Governo do Estado do Rio de Janeiro, era o chefe da organização, cabendo-lhe essencialmente solicitar propina às empreiteiras que desejavam contratar com o Estado do Rio de Janeiro, em especial a Andrade Gutierrez, e dirigir os demais membros da organização no sentido de promover a lavagem do dinheiro ilícito".

"Assim é que Sérgio Cabral solicitou a Rogério Nora, presidente da Andrade Gutierraz, o pagamento de propina, para que a que referida empreiteira fosse admitida a contratar com o Estado do Rio de Janeiro, em reunião realizada no início de 2007, na casa do ex-governador, solicitação essa que foi reforçada em outra reunião, dessa vez realizada no Palácio Guanabara. Ato contínuo, promoveu a lavagem do dinheiro espúrio angariado, de diferentes formas, valendo-se dos demais réus, inclusive de Adriana Ancelmo, sua companheira de vida e de práticas criminosas", acrescenta o juiz no documento.

Advogado de Cabral, Rodrigo Rocca, afirmou que a senteça é uma "violência contra o Estado democrático de Direito": "A sentença é uma violência contra o Estado democrático de direito e só reforça a arguição de suspeição que nós já fizemos contra o juiz que a prolatou. A condenação do ex-governador Sérgio Cabral pelo juiz Marcelo Bretas já era esperada, todo mundo sabia disso, e tanto sabia disso que nós já vínhamos preparando recurso de apelação para os órgãos de jurisdição superior, onde os ânimos são outros e a verdade tem mais chance de sobrevivência."


Primeira condenação no Rio

É a segunda condenação de Cabral. Ele também foi condenado a 14 anos e dois meses por corrupção e lavagem de dinheiro pelo juiz Sérgio Moro – responsável pelos processos da Operação Lava Jato em primeira instância. Na ocasião, a Justiça considerou que ele recebeu propina das empresas Andrade Gutierrez, Odebrecht e Queiroz Galvão. Segundo a Procuradoria, a verba foi desviada do contrato de terraplanagem nas obras do Comperj.



Foto: Geraldo Bubniak

G1