Pitimbu Clik

Idealizador Do Blog
Victor Mateus

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Após mal súbito e arritmia, Everton vai ficar no mínimo 72 horas internado




                               Everton Costa Vasco x Resende (Foto: Paulo Sergio / Lancepress!)

O susto dado por Everton Costa ainda não se transformou em total alívio. O atacante, que sentiu um mal súbito durante o jogo contra o Resende, na noite desta quarta-feira, em São Januário (vitória por 1 a 0), sofreu convulsão e uma arritmia cardíaca. Após bateria de exames, o jogador precisará ficar no mínimo 72 horas internado em observação na unidade coronariana do Hospital Quinta D'or, em São Cristóvão, para onde foi levado antes mesmo do final da partida pela Copa do Brasil. O detalhamento geral do caso, no entanto, só deve sair em uma semana.
Everton se sentiu mal ainda no primeiro tempo. Segundo o departamento médico do Vasco, o jogador sofreu uma indisposição. Depois de vomitar no intervalo da partida, ele tomou um remédio e se disse disposto a voltar para o segundo tempo. Não aguentou muito tempo em campo. A convulsão começou quando o jogador já estava no banco de reservas e assustou todos a seu redor. Funcionários do Vasco chegaram a usar uma bandeira do clube para impedir o registro de imagens enquanto Everton era colocado na ambulância. De acordo com o coordenador médico cruz-maltino Clóvis Munhoz, o quadro do atleta só foi revertido no hospital.

Nova gasolina reduz gastos com o carro




Nova gasolina  reduz gastos com o carroDesde primeiro de janeiro, quem escolhe a gasolina começou a cuida rmelhor do seu carro. O combustível passou a poluir menos, deixou os motores mais eficientes e isso refletirá em uma manutenção mais barata no futuro. Isso vale para todos que têm carro a gasolina (ou usam o combustível fóssil nos modelos flex). Até aquele vizinho desleixado passou a preservar melhor seu automóvel após o início da comercialização da nova gasolina no Brasil.

A mudança silenciosa e gradual — que marcou o início de 2014 — é fruto de uma nova legislação, que obrigou a redução drástica no teor de enxofre da gasolina. Até o fim de 2013, era permitido um combustível com até 800 ppm (partes por milhão) do fétido elemento químico. Agora, o máximo de enxofre tolerado na gasolina é de 50 ppm, resultando em diversas melhorias — inclusive para o bolso do consumidor.

Terror dos postos de gasolina

Refinada pela Petrobras e revendida no País inteiro, a nova gasolina "judia" menos do motor e aproxima o Brasil do que é oferecido nos mercados europeus. Engenheiro e supervisor de relações públicas da Honda no Brasil, Alfredo Guedes explicou as mudanças ao R7 Carros.

— Com o teor de enxofre menor, haverá uma melhoria no nível de emissões e no consumo de gasolina. A carbonização dentro do motor também será reduzida.

Na prática, você precisará ir menos ao posto de combustível, seja para abastecer ou trocar o óleo. A alteração do plano de manutenção, porém, é algo que somente a fabricante pode recomendar, como explica Guedes.

— O intervalo para a manutenção básica [troca de óleo e filtros] é especificado pelas montadoras de acordo com cada modelo e não deve ser prolongado sem estudos, o que não ocorrer nos próximos anos.

Segundo Guedes, a nova gasolina permitirá uma menor contaminação do fluido lubrificante, mas as fabricantes ainda devem fazer análises para permitir um possível aumento no tempo para as trocas de óleo e filtro. Hoje, o intervalo médio varia de 5 mil a 10 mil quilômetros, dependendo do tipo de automóvel e de seu uso.

As vantagens serão mais sutis nos modelos dotados de tecnologia de ponta (como injeção direta e turbo), já que os sistemas eletrônicos adaptam o motor a diversos tipos de gasolina.

Melhor para os velhinhos (bem cuidados)

As vantagens da nova gasolina serão proporcionalmente maiores de acordo com a idade do veículo. O motivo para isso é justamente o abismo tecnológico entre os automóveis, como explicou Leandro Benvenutti, especialista em combustíveis da Ford do Brasil.

— Como os carros equipados com carburador não conseguem obter uma combustão tão eficiente quanto a dos modelos com injeção eletrônica, eles são muito mais sensíveis a combustíveis de melhor qualidade.

A vantagem, porém, pode virar problema se o motor não estiver no melhor de seus dias. A culpa, neste caso, é justamente da temida carbonização provocada pela gasolina ruim, como detalha Guedes.

— Em motores antigos a carbonização compensa eventuais folgas nas peças internas. Retirar ou diminuir alguns desses depósitos pode criar tolerâncias que não existiam antes, provocando ruídos e até perda de desempenho. Estes casos, porém, são excepcionais.

Felizmente a lista de vantagens da nova gasolina supera de longe os raros problemas que o novo combustível pode provocar. Até porque a adoção desse novo combustível é obrigatória.

Evolução compulsória

Assim como ocorreu com o diesel, a ANP (Agência Nacional do Petróleo) proibiu a comercialização de gasolina superior a 50 ppm de enxofre. E era para ser ainda melhor: a ideia era estrear o novo combustível com a obrigatoriedade de aditivos, mas problemas burocráticos levaram a prorrogar essa próxima mudança para 2015.

Ou seja: a partir do próximo ano, toda gasolina será aditivada, assim como já ocorre nos EUA.

Essa equalização do combustível vendido aqui com o que é oferecido lá fora é mais uma vantagem, mas quase invisível para os consumidores. O benefício, desta vez, será para as montadoras, que conseguirão adaptar melhor seus carros importados para os exclusivos combustíveis brasileiros — o país é o único no mundo a comercializar gasolina misturada com etanol (E25) e etanol puro (E100).

Esse detalhe, aliás, é óbvio, mas não deve ser esquecido: as vantagens da nova gasolina somente são válidas para carros que queimam esse combustível. O motivo é que o etanol não possui nenhuma parte de enxofre em sua composição, motivo pelo qual o biocombustível é menos poluente que a gasolina.

Porém, até mesmo os fãs do etanol serão impactados indiretamente pela novidade: com prazo de validade maior, a nova gasolina não envelhece tão rápido no tanquinho de partida a frio, dispensando o uso da Podium, que até 2013 era a única opção saudável para o compartimento extra. De um jeito ou de outro, essa revolução silenciosa impactará em todos (os tanques) dos automóveis do Brasil.



R7

Faro faz confissão sobre rotina maluca




Faro faz confissão sobre rotina maluca Na tarde da última quarta-feira (16), Rodrigo Faro reuniu a imprensa para falar do seu novo programa na Record, Hora do Faro, e para divulgar um dos quadros desse novo formato, o Isso Eu Faço.

Na coletiva de imprensa, estavam os oito participantes do Isso Eu Faço: Antonia Fontenelle, Camila Rodrigues, Corona, Daniel Erthal, MC Guimê, Micael Borges, Nicola Siri, Pérola Faria, e mais o diretor do programa, Ignácio Coqueiro.

“Eu sou humilde e vou continuar humilde, eu faço o melhor possível para o meu público”, diz Rodrigo Faro

Rodrigo falou sobre esse novo estilo de programa, com “cara de domingo”, falou dos novos quadros, e da correria que está a sua vida:

— Minha agenda está uma loucura, continuo com os meus 78 kg, nem engordar eu consigo, muita correria. Gravo um dia em Paulínia, outro nos estúdios Quanta, e ainda gravo na Record. Também faço minhas campanhas publicitárias, e tenho minhas filhas, minha família. Muita correria, uma loucura.

A Hora do Faro vem aí! Rodrigo Faro se reúne com famosos na coletiva de seu novo programa

O apresentador revela que a Record está investindo muito no seu programa, com cenários incríveis.

— Já gravamos o outro quadro novo, o Topa um Acordo, foi muito bom, tinha um carro como prêmio no meio do palco.

Rodrigo admite que agora a busca é por audiência, aumentar cada vez mais e crescer, mas ele respeita e muito a concorrência:

— Eu tenho que entender que eu estou chegando agora, já tem gente no domingo há 20 anos, e eu estou buscando o meu espaço. A gente não pode ter medo de trabalhar.

A estreia da Hora do Faro será no domingo (27), às 15h15, na tela da Record.



R7

Médico reserva passa mal em campo e morre em jogo do Paraibano 2014




Médico reserva passa mal em campo e morre em jogo do Paraibano 2014O que parecia mais uma cena inusitada do Campeonato Paraibano de Futebol terminou em tragédia. Na noite desta quarta-feira, no Estádio da Graça, em João Pessoa, a partida entre Santa Cruz-PB e Auto Esporte atrasou em mais de uma hora por falta de médico em campo (o escalado para o jogo alegou uma enxaqueca e não compareceu ao estádio). A solução do time mandante foi chamar às pressas o médico da equipe, Dorivaldo Pereira, para assumir o posto.

Ele chegou no local com 1h20 de atraso e o jogo finalmente pôde começar. Mas por apenas três minutos. Dorivaldo, que era cardíaco, passou mal e teve uma embolia pulmonar que evoluiu para uma parada cardíaca. Ele foi atendido pela ambulância no centro do gramado da Graça e levado em estado grave para a Clínica Dom Rodrigo. Mas morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde.

A partida em questão estava programada para começar às 20h30 e reunia os dois últimos colocados da 2ª fase do Campeonato Paraibano. Inicialmente, seria o médico Anuar Mohammed que ficaria na beira do campo, mas ele não foi para o Estádio da Graça. E sem um profissional de medicina na praça esportiva, como manda o Estatuto do Torcedor, o árbitro Euneres Inácio não autorizou o início do jogo.

Começou então uma corrida contra o tempo por parte dos dirigentes do Santa Cruz. O árbitro deu um prazo de uma hora para que um novo médico chegasse ao local. E só quando faltava cinco minutos para o fim do prazo é que o diretor de futebol do clube, César Wellington, disse que um novo médico chegaria à Graça em 25 minutos. O árbitro resolveu esperar com o consenso dos dois clubes. Dorivaldo Pereira, de 72 anos, chegou ao estádio às 21h50. Sorridente e sob aplausos da torcida, que chegou a festejar a sua chegada, já que só assim a bola poderia rolar. Já com bola rolando, ele chegou a sentar no banco de reservas do Auto Esporte, mas foi chamado para sentar no banco do time mandante.

Três minutos depois, contudo, ele começou a passar mal. Ficou pálido, teve dificuldades de respirar e suava muito. Foi imediatamente atendido pela ambulância, que "estacionou" no círculo central do campo, e logo em seguida levado à clínica. Sob protestos dos dirigentes do Santa, que sem saber da gravidade do caso queriam que o jogo tivesse continuidade, a arbitragem cancelou a partida.

A confirmação da morte do médico aconteceu menos de uma hora depois dele ter deixado o estádio. O filho do médico, Dorivaldo Júnior, informou que o velório de seu pai vai acontecer no município de Santa Rita, na casa dele. O corpo vai ser velado ao longo de toda a noite e vai ser enterrado nesta quinta-feira. A família informou ainda que ele teve um problema parecido em fevereiro deste ano, mas que vinha se recuperado bem desde então.





Globoesporte.com

Agentes encontram droga em área externa de presídio na Paraíba




Agentes encontram droga em área externa de presídio na ParaíbaAgentes da Penitenciária Padrão de Campina Grande apreenderam, nesta quarta-feira (16), um pacote com quase 2kg de maconha prensada. A droga estava na área externa do presídio. As informações foram confirmadas pela direção da unidade.

Os agentes visualizaram o material quando os presos, durante o banho de sol, chutaram uma bola para fora da unidade e pediram para que um detento que trabalha no local fosse buscá-la.

“Nossos agentes, então, acompanharam esse detento 'gandula' e já visualizaram de longe uma sacola preta. Quando nós abrimos o embrulho, constatamos se tratar de maconha”, explicou o diretor da penitenciária, Anselmo Vasconcelos Costa.

Segundo o diretor, ninguém foi visto por perto do muro do presídio após o episódio. A maconha encontrada foi encaminhada à Polícia Civil.



G1

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Congresso endurece punições do Código de Trânsito




Congresso endurece punições do Código de Trânsito O Congresso Nacional decidiu endurecer a punição para o motorista que causar grave acidente ao participar  de “racha” no trânsito. E também para o condutor embriagado ou sob influência de outras drogas que provocar acidente que resultar em morte. O plenário da Câmara aprovou, ontem, projeto de lei que prevê pena de cinco a dez anos de prisão para o condutor em caso de morte. Caso a vítima sofra lesão corporal grave, a punição será de três a seis anos de reclusão. O texto, que já havia sido aprovado pela própria Câmara e alterado pelo Senado, segue agora para sanção da presidenta Dilma.

Essas situações agravantes não estão previstas atualmente no Código de Trânsito Brasileiro e serão aplicadas mesmo se o motorista não tiver desejado o resultado nem assumido o risco de produzi-lo. O projeto aprovado também reforça a punição ao condutor embriagado ou drogado que provocar morte no trânsito mesmo sem a intenção de cometer o crime: a pena, nesse caso, será de dois a quatro anos de prisão.

A proposta aumenta a pena para os casos de racha em que não houver vítima. A pena, que hoje é de seis meses a dois anos de prisão, será de seis meses a três anos de reclusão.

Os deputados rejeitaram o substitutivo que havia sido aprovado pelos senadores e resgataram a versão que havia acolhida pela própria Casa, em abril do ano passado. O projeto é de autoria do deputado Beto Albuquerque (PSB-RS).

Exame toxicológico - De acordo com o texto aprovado, o exame toxicológico passará a valer como meio de verificar se o condutor conduzia o veículo sob a influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência. Pela Lei Seca, essa verificação pode ser feita com teste de alcoolemia, exame clínico, perícia, vídeo, prova testemunhal ou outros meios de prova admitidos em direito, observado o direito à contraprova.

A proposta aumenta em dez vezes as multas previstas para os casos de “racha”, “pega”, manobras perigosas, arrancadas e competições não autorizadas. Atualmente, elas variam de uma vez a cinco vezes. Havendo reincidência no período de 12 meses, a multa será aplicada em dobro. Conforme já prevê a legislação, o recolhimento do veículo e a suspensão do direito de dirigir continuam.

Ultrapassagem - Para ultrapassagem na contramão em situações perigosas, como curvas, faixas de pedestre, pontes ou túneis e nas faixas duplas contínuas, a multa passa a ser de cinco vezes, com aplicação do dobro na reincidência. O condutor que ultrapassar outro veículo pelo acostamento ou em interseções e passagens de nível terá multa equivalente a cinco vezes à normal. A falta, nesse caso, passará a ser considerada gravíssima.

No caso de ultrapassagem em pistas de duplo sentido, se o condutor forçar a passagem entre veículos, a multa será de dez vezes a atual, com aplicação em dobro na reincidência e suspensão do direito de dirigir.



Agência Câmara

Foragido da Justiça do RN é preso na PB




Foragido da Justiça do RN é preso na PBO foragido da Justiça do Rio Grande do Norte, Alex Bertoldo Ferreira, 30 anos, foi preso na noite desta terça-feira (15), quando passava pelo Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na cidade de Mamanguape, na região do Litoral Norte do estado.

Segundo informações de Carlos Soares, escrivão da Delegacia Plantonista de Mamanguape, Alex estava dentro de um veículo na companhia de outras pessoas, quando o carro foi abordado por inspetores da Polícia Rodoviária Federal.

“Quando os policiais fizeram a revista no carro e ao consultar a identidade dos passageiros, eles comprovaram que o Alex tinha um mandado de prisão em aberto expedido pela 6ª Vara Criminal de Natal-RN. Não consta qual o crime que ele praticou, mas tem uma sentença condenatória por furto qualificado”, disse o escrivão.

Alex Bertoldo será levado nesta quarta-feira (16) para a Cadeia Pública da cidade, mas em breve será transferido para o Rio Grande do Norte onde vai cumprir a pena. “Vamos comunicar a prisão dele ao juiz da 6ª Vara Criminal de Natal e iniciar os tramites legais para transferi-lo para cumprir a pena na cidade onde foi expedido o mandado”, finalizou Carlos Soares.



Correio

Polícia prende suspeito de praticar homicídios em João Pessoa




 Polícia prende suspeito de praticar homicídios em João PessoaUm homem suspeito de praticar vários homicídios, no bairro Alto do Mateus, em João Pessoa, foi preso, nesta quarta-feira (16), por policiais militares da Força Tática do 1º Batalhão e policiais civis da Delegacia de Homicídios da Capital. João Marcos Dantas Alves, 20, foi preso em casa, na comunidade Oliveira, no bairro do Alto do Mateus. No imóvel, os policiais encontraram um revólver calibre 38.

De acordo com o aspirante Flávio Ribeiro, mais de dez homens das duas polícias participaram da ação. “Cercamos a casa e, durante as buscas, encontramos a arma em um dos quartos da residência”, contou

O acusado foi levado para a Delegacia de Homicídios, no bairro do Varadouro, onde será ouvido pelo delegado Bruno Victor Germano, responsável pela ação que culminou na prisão do suspeito.





Secom

Pesquisa: conheça a maconha perfeita




Pesquisa: conheça a maconha perfeitaComo seria a "maconha perfeita"? A pesquisa Global Drug Survey, apoiada pelo The Huffington Post, consultou mais de 38 mil usuários da droga, em todo o mundo, e descobriu o que agrada ou não a quem consome a erva. O levantamento começou a ser realizado em novembro de 2013 e os resultados foram divulgados agora.


O gosto e o cheiro forte são considerados agradáveis. No entanto, quem costuma fumar maconha não gosta da perda de memória, da sensação de ressaca, da dependência, da paranoia e do efeito nocivo aos pulmões.


A "maconha perfeita", segundo a pesquisa, aumentaria a percepção sensorial e permitiria que os consumidores conversassem tranquilamente uns com os outros, capacitando a compreensão mútua.


A conclusão do relatório é de que há um paradoxo nos resultados: embora os usuários queiram uma droga forte e com gosto marcante, são os efeitos da maconha mais potente que eles abominam. Assim, é possível concluir que não haveria maconha que não tenha características negativas para quem consome.


O questionário, que compreende à maior pesquisa sobre drogas do mundo, é feito pela internet, com usuários de todos os países.





TERRA

Delegacia investiga página no Facebook com adolescentes em cenas de sexo


Delegacia investiga página no Facebook com adolescentes em cenas de sexo


A Polícia Civil abriu investigação para identificar os autores de uma página aberta de uma rede social, em que adolescentes do Distrito Federal compartilham vídeos e fotografias íntimas. Mais de 20 mil internautas curtiram a página “Esparro Mix – DF” no Facebook e acompanham as publicações que vão desde meninas nuas a cenas de sexo entre casais de adolescentes.

A delegada da Criança e do Adolescente, Valéria Martirena, diz que muitos jovens não sabem que seus conteúdos íntimos podem parar na rede. "O que a gente percebe é que tem muito adolescente inocente, que publica essas fotos, muitas vezes, com o objetivo de conquistas supostos namorados que, na verdade, são autores de crimes que utilizam essas fotos para publicar na internet", disse.

A maioria dos posts mostra meninas seminuas ou em poses sensuais. Em uma publicação, um administrador da página comemora o fato de ter voltado à rede social e informa que a página havia sido excluídas."Tamo de volta... o face excluiu mas nois faz de novo", diz a legenda.

O presidente da Comissão de Direito da Criança da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Hebert Alencar, afirma que publicar conteúdo íntimo sem autorização é crime." Quem inserir imagens de adolescentes de forma vexatória, responde a um crime com pena que pode variar de três a seis anos de prisão. Adolescentes que tiveram vídeos e fotos compartilhados sem autorização devem denunciar o caso à polícia pelo número 197", comentou.






com 180 graus